Molécula Azul, lançado em 25 de julho de 2020, é o novo álbum de canções da cantora Luama para ouvidos atentos, apreciadores de poesia e cultivadores da beleza.

 

Luama faz parceria com os poetas Franz Cecim, Ana Rusche, Walter Antunes e Marcelo Ariel. Apresenta composições musicais para poemas de Álvares de Azevedo e Jalāl ad-Dīn Rumi, e revela a sua versão de Delírio, música gravada originalmente por Secos e Molhados.

 

As músicas do álbum foram gravadas em sessões ao vivo no C4 Studio em São Paulo por Luama Cósmico Trio: Luama (voz e violão), Ronaldo Gama (baixo elétrico e acústico), Rodney Nascimento (bateria e percussão) e Felippe Pipeta (trompete).

 

A sonoridade é formada pelas texturas refinadas dos timbres do Luama Cósmico Trio combinados com a originalidade das melodias e harmonias da compositora, livre de referências diretas e sintonizada principalmente à atmosfera dos poemas de conteúdo metafísico escolhidos para esse trabalho.

 

A música Molécula Azul, com letra de Walter Antunes, descreve uma travessia pelos espaços como uma viagem através da beleza, simbolizada por um princípio denominado "molécula azul".

 

Na parceria com Marcelo Ariel, Entre A Beleza e A Verdade Prefira A Beleza, a própria morte é objeto de beleza em seu significado simultâneo de verdade e ilusão.

 

Em Desnutrir A Pedra, canção com poemas de Franz Cecim, faz-se presente o paradoxo da dureza e da beleza no âmago do ofício do poeta.

 

Cantiga, um poema de Álvares de Azevedo trazido do século XIX pela compositora, é a versão do mito de Eros e Psiquê por um dos maiores poetas românticos da literatura brasileira.

 

Huracana é uma parceria com a poeta Ana Rusche, que elabora imagens de profundidade mística a partir de um relacionamento amoroso de aparência comum.

 

A leitura de Luama para Delírio, canção gravada originalmente por Secos e Molhados na década de 1970, atualiza a atmosfera de beleza e liberdade encarnada na figura do sujeito da canção.

 

Esteja Atento Quando A Lua Estiver Cheia tem como base a tradução feita por Luama do poema Search the Darkness, do poeta e místico persa Jalāl ad-Dīn Rumi, século XIll, a partir do texto em inglês.

Molécula Azul é o Capítulo ll de Fogos na Chuva de Vento de Diamantes.

MOLÉCULA AZUL

 

Luama voz, violão e concepção

Ronaldo Gama baixo elétrico e acústico

Rodney Nascimento bateria e percussão

Felippe Pipeta trompete

 

C4 Studio

Gravação Felipe Castelo

Mixagem e Masterização Luís Lopes 

Produzido por Walter Antunes

LUAMA - A HORA DO MEIO -DIA.jpg
  • Flickr Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook App Icon
  • SoundCloud Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Tumblr Social Icon