Cósmico Samba é o show da Luama fruto de dois de seus álbuns "Introdução Para Um Samba Novo" e "Cósmico Samba".

 

A gênese do samba de Luama passa por uma forte marca autoral que inclui referências a melodias roqueiras, harmonias jazzísticas, violão bossa-nova, com pés em valsas, souls e boleros.

“Minha música surge do convívio com a própria música, mas também é fruto de toda a carga de contemporaneidade que se choca contra a tradição estética. Desta fusão tento extrair e transmitir a filosofia típica do samba, fundada em idéias e sentimentos de liberdade, beleza, amor, sabedoria e natureza”, diz Luama.

“Os temas têm origem nos mitos que governam a pulsação do nosso cotidiano”.

 

A força do show transparece na síntese performática de Luama, com sua voz marcante, interpretações personalíssimas e violão exato unido a uma banda formada por músicos especialmente escolhidos por vibrarem nesta mesma força musical criativa e inquieta que move Luama.

 

O repertório inclui composições de Luama: Samba da Beleza, Liberdade, Samba da Revelação, Morro do prazer, Samba da Chuva, Aurora, Iemanjá, versões de Luama para Cadê a Razão (Paulinho da Viola), Faz Tempo – (Nação Zumbi) e Festa – (Gonzaguinha) e parceria com Afopec de Freitas em Você tem que saber.

 

A sonoridade é pós-moderna e radical ao mesmo tempo.

  • Flickr Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook App Icon
  • SoundCloud Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Tumblr Social Icon